Você precisa adquirir este hábito

Muitos de nós já ouvimos a história que Jesus contou no capítulo 15 do Evangelho de Lucas, conhecida por “O Filho Pródigo”. Se você não conhece, convido você a ler cuidadosamente, analisando o coração de cada um dos personagens e, especialmente, o do pai. Esta história é sobre um pai que teve dois filhos, um deles pediu parte do seu patrimônio e foi desperdiçado (alguns versões da Bíblia diz no versículo 13 do capítulo que o filho levava uma “vida desenfreada”. Desde o dia em que ele saiu da casa de seu pai, parecia que ele estava cada vez mais longe de voltar para casa. Quando o dinheiro acabou, e chegou a escassez, como se isso não bastasse, a cidade onde ele morava foi atormentada por uma grande fome. Não havia nada pior: ser pobre e também estar em um lugar onde nem os ricos tinham algo para comer! Este jovem foi até mesmo trabalhar no campo para outra pessoa cuidando de porcos e desejava até mesmo comer o que os porcos comiam. O versículo 17 nos diz: “Caindo em si…”. Outras traduções dizem: “E tornando a si…”. Algo aconteceu no coração desse rapaz que o fez reagir!

Com toda sua pobreza, fome, má aparência e vergonha, ele encontrou lucidez ao reconhecer que ninguém o amava tanto como seu pai e que em sua casa ele não precisava de nada. Há quanto tempo você está afastado do caminho do Senhor? Quantos dias, semanas ou meses você tem andado na direção oposta do Seu amor e do Seu perdão? O que você precisa para ficar consciente, voltar a si mesmo e reconhecer que fora de Sua casa nada te enche ou te faz feliz como Ele faz?

Volte seu olhar para o Senhor

O apóstolo Paulo menciona no capítulo 3 de sua carta aos colossenses o seguinte conselho: “Concentre-se nas coisas lá do alto, não nas da terra.”

Sabe porque? Não é verdade que, quando tiramos os olhos das coisas do céu e colocamos em nossas circunstâncias, os nossos corações começam a esfriar e ficam cheios de dúvidas, inveja, comparação e orgulho?

Não foi algo que aconteceu na sua vida, que você não entendeu, maus tratos de alguém ou desejo de satisfazer a sua vontade ou a do seu corpo que te afastaram de Deus? E isso aconteceu na última vez que você passou vários dias sem orar, sem ler a Bíblia e sem buscar a Deus, não é verdade?

O apóstolo João diz isso da seguinte maneira, no capítulo 2 de sua primeira carta:

Saiba que, o que quer que tenha feito você desviar os olhos do Senhor, mais cedo ou mais tarde você irá perceber que não valeu a pena abandonar a Deus! O rei Nabucodonosor, depois de ter vivido um tempo nas trevas, sofrendo de pobreza física, emocional e espiritual, um dia finalmente “ergueu os olhos para o céu” e naquele momento recuperou o entendimento. Sua primeira decisão foi louvar e adorar o Altíssimo, dar-Lhe a honra, o respeito e o lugar que correspondia ao Senhor em sua vida.

Volte o seu olhar para o céu! Dê ao Senhor o reconhecimento que Ele merece. Dobre seu joelho mais uma vez diante de Jesus Cristo e deixe Ele assumir o controle de sua vida mais uma vez. É a melhor decisão que você terá tomado em sua vida.

Voltar a Deus fará você voltar a ser quem você deve ser

Deus quer que você viva sem vergonha, sem arrependimentos, sem amargura, sem feridas do passado, sem hábitos que o controlam, sem imoralidade inundando sua mente e seu corpo inteiro. Em outras palavras: Ele quer que você esteja livre do pecado.

Quanto mais longe estamos do Senhor, mais pecados entram em nós e mais praticamos, mais vemos que o fim do pecado é morte, tristeza, dor, sujeira, peso, solidão, infelicidade e amargura.

Quão diferente é a vida ao lado do Senhor! Quando temos a certeza de que Ele está no controle de todas as coisas, de que Ele é o nosso maior tesouro, nossa recompensa, nosso Salvador e que dirige tudo o que acontece em nossas vidas. Quão diferentes somos quando nosso coração é governado pela paz do Senhor, Seu amor e sua misericórdia!

Você está pronto para voltar? Deus está esperando por você. Ele quer restaurar o plano original que ele tem para você, curar suas feridas, perdoar seus pecados e ajudá-lo a enfrentar as consequências das suas más decisões até voltar a ter uma vida de plenitude e liberdade.

Quando Nabucodonosor “recuperou a mente” e reconheceu que Deus era o Senhor de todos e que governava todas as nações, a sua vida começou a ser restaurada quando ele se sentou novamente no trono do seu reino, com maior honra do que antes! Este rei tinha sido removido do seu trono e enviado para viver no mato como animal selvagem como punição por sua arrogância e sua rejeição à Palavra de Deus e agora que sua honra foi devolvida, ele tinha aprendido a sua lição. Ele louvou, glorificou e honrou o rei do céu.

Será sua decisão e sua escolha que te fará voltar ao caminho do Senhor. Somente você poderá escolher quando orar novamente todos os dias, quando se sentar para ler a Bíblia e buscar a Deus de todo o coração, quando dobrar os joelhos e reconhecer diante dEle que você falhou, que pecou e que você tem um desejo insaciável de voltar aos caminhos de Deus, de ter o Seu perdão, Seu amor, Sua paz e Sua restauração.

Volte para casa! Derrote seu orgulho e a sua vergonha! Deus não quer que você implore por amor, atenção ou provisão em qualquer lugar, sendo que Ele está cheio de riquezas que Ele deseja compartilhar novamente com você! Leia o final da parábola de Jesus em Lucas 15. Isto é o que Jesus Cristo disse que o Pai faz com todos os seus filhos, que reconhecem o estado em que se encontram e decidem voltar para Ele.

Deus abençoe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.